Outro marco de extrema importância para a trajetória da CLAMPER. Em 2003, o Brasil passava mais um período de incerteza, com transição presidencial e um mercado fragilizado. Para se ter ideia do cenário de estagnação e do receio que a crise causava aos empreendedores do Brasil, todos os economistas, especialistas e gestores de negócios consultados desaconselharam a construção de uma nova sede para a CLAMPER. Numa decisão corajosa de nosso fundador, Ailton Ricaldoni, contra tudo e contra todos, a CLAMPER investiu na sua nova sede, se mudando para a região metropolitana de Belo Horizonte: a cidade escolhida foi Lagoa Santa. Uma estrutura imponente, inaugurada com 1500 m² e que após um ano foi ampliada para 2500 m². A nova sede da CLAMPER significou o avanço da empresa para outro patamar. Um espaço adequado para receber clientes de grande potencial e criar parcerias de longo prazo.  A partir deste momento, a CLAMPER passou a ter como mostrar, além de sua capacidade técnica, a sua capacidade fabril para criação de novas parcerias. A nova sede também foi essencial para o impulsionamento de empregos e a capacitação de profissionais da indústria na cidade de Lagoa Santa e região.