26 set/12

Mais de 6 dicas para se prevenir contra acidentes domésticos com energia elétrica

Mais de 6 dicas para se prevenir contra acidentes domésticos com energia elétrica

Prevenção de acidentes domésticos com energia elétrica

Frequentemente alertamos sobre os riscos de acidentes e prejuízos envolvendo surtos elétricos de todos os tipos, principalmente provenientes dos raios. Mas a eletricidade, que tanto nos ajuda e praticamente define o estilo de vida da sociedade nos dias de hoje, também pode ser perigosa e por isso sugerimos algumas formas de prevenção contra  acidentes domésticos envolvendo eletricidade e aparelhos elétricos.

Uma pesquisa da ABRACOPEL (Associação Brasileira de Conscientização para os Perigos da Eletricidade) revela que 86% dos entrevistados já levaram algum tipo de choque elétrico, sendo que destes, 23% foram causados por eletrodomésticos, 22% pelos chuveiros elétricos e 20% em tomadas e trocas de lâmpadas. Estes dados revelam que a maioria das pessoas não desliga a chave geral de energia antes de realizar algumas tarefas que envolvem aparelhos elétricos. A maioria desses casos é resultante da falta de informação e de atenção ao manusear tomadas e aparelhos movidos à energia elétrica.

Dica 1

Quando for trocar lâmpadas, instalar ou dar manutenção em chuveiros e outros equipamentos ligados permanentemente à rede elétrica, é necessário desligar a chave da energia na caixa de distribuição.

Dica 2

O uso exagerado do chamado “T” ou Benjamim e extensões em geral é muito perigoso. Esse hábito pode causar sobrecargas elétricas e até chegar a causar acidentes graves devido ao super aquecimento de componentes que culminam em curtos-circuitos e até incêndios. Quer utilizar vários aparelhos ao mesmo tempo? Recomendamos o uso do Clamper Multi Energia, que é dotado de 8 tomadas e os devidos certificados de segurança. Com ele você garante proteção e vida longa para os equipamentos.

Vários adaptadores para multiplicar as tomadas disponíveis: um perigo!

Vários adaptadores para multiplicar as tomadas disponíveis: um perigo!

Dica 3

Não use jamais aparelhos elétricos durante o banho. Logo após sair do chuveiro também é um momento perigoso para se usar secadores, barbeadores elétricos e pranchas alisadoras. A água é um excelente condutor de corrente elétrica, sendo assim, o seu corpo molhado também conduzirá energia e pode causar graves acidentes.

Dica 4

Crianças são curiosas e muito ativas. Existem tampas (normalmente feitas de material plástico) para impedir que os pequenos introduzam seus próprios dedos e utensílios metálicos nas tomadas. Valem a pena pela prevenção.

Protetores de tomadas

Outros perigos para as crianças são fios soltos ou desencapados, fios sem a devida proteção de canaletas e aparelhos elétricos abertos ou em funcionamento sem adultos por perto. Todo o cuidado com crianças é pouco!

Dica 5

Um erro comum é a confusão entre tomadas de 110v ou 220v, principalmente em hotéis e viagens, quando não se tem certeza de que tipo de rede elétrica existe no local. Procure sempre ter certeza da voltagem da rede elétrica e prefira aparelhos bivolt, que funcionam tanto em 110v quanto em 220v. Saiba mais como funciona essas diferentes tensões aqui.

Dica 6

Ao comprar ou alugar uma nova casa ou apartamento, é bom verificar a voltagem e as condições gerais das instalações elétricas. De qualquer forma, uma vistoria anual é mais do que necessária para a manutenção preventiva da rede elétrica na residência. Isso evita acidentes e prejuízos materiais, além de muito transtorno e dor de cabeça para locatários e proprietários.

Outras dicas de segurança

Você sabia que lâmpadas incandescentes podem chegar a 600 graus Celsius? Jamais deixe materiais inflamáveis próximos a este tipo de lâmpada. Elas consomem muito mais energia do que as compactas e fluorescentes. Fazer a troca compensa em economia de energia e em durabilidade, o que diminui a frequência das trocas.

Jamais tente apagar fogo na rede elétrica ou em aparelhos elétricos com água! Nestes casos, deve ser usado um extintor de incêndio da classe C.

Leia abaixo alguns procedimentos que devem ser tomados em caso em caso de choque elétrico:

  • Providencie socorro imediatamente, ou seja, ligue para o Corpo de Bombeiros. É preciso fazer isso rápido, já que os primeiros minutos após o choque são vitais para o acidentado;
  • Desligue o disjuntor elétrico ou a chave geral se houver algum problema nas instalações internas da casa;
  • Não toque na vítima ou no fio elétrico sem saber se existe passagem de eletricidade;
  • Se não for possível desligar a chave geral, remova o fio ou a vítima com a ajuda de um material seco não condutor de energia, como madeira, cabo de vassoura, jornal dobrado, cano plástico, corda, etc;
  • Ao carregar a vítima, tome muito cuidado para não complicar eventuais lesões, principalmente na coluna vertebral.

Confira ainda mais dicas de segurança doméstica no site do Corpo de Bombeiros de Minas Gerais

Prevenção é a chave. E não se esqueça de instalar o VCL Slim na caixa de distribuição de energia, além de usar DPS Clamper nas tomadas! Assim você já estará seguro contra vários acidentes causados por surtos elétricos, além da proteção dos seus equipamentos.

Tome todas essas precauções e fique livre de imprevistos, acidentes e prejuízos!