24 ago/15

Você conhece os Dispositivos de Proteção contra Surtos Elétricos (DPS)? Saiba como eles podem proteger os seus aparelhos eletroeletrônicos

Você conhece os Dispositivos de Proteção contra Surtos Elétricos (DPS)? Saiba como eles podem proteger os seus aparelhos eletroeletrônicos

Dispositivos de proteção contra surtos elétricos ou descargas atmosféricas (DPS) são como disjuntores que protegem a parte interna da residência, desligando a energia da rede elétrica quando há uma descarga atmosférica muito forte.
Essa descarga, conhecida como surto elétrico, tem como consequência danificar parcial ou totalmente os equipamentos conectados à tomada. Ou seja, compromete tanto a rede elétrica quanto a telefônica.
Você já usa equipamentos DPS? Neste artigo, entenda sobre os dispositivos de proteção anti-raios e como eles podem proteger os seus aparelhos!

Para-raios

Para evitar possíveis danos aos aparelhos, causados por descargas atmosféricas, utiliza-se o famoso para-raios. Trata-se de uma haste de metal, feita com cobre ou com alumínio.
A sua função é proteger edifícios, atraindo as descargas elétricas para as suas pontas e desviando-as para o solo por meio de cabos de baixo valor de resistência. Contudo, a finalidade desse equipamento é proteger principalmente a parte externa. Assim, mesmo utilizando o para-raios, os seus aparelhos ainda podem estragar.

Como funciona o DPS

Pode ser instalado na entrada padrão ou no Quadro de Distribuição Geral (QDG), protegendo todos os aparelhos ou apenas um. De um lado, o dispositivo está ligado à fase/ neutro; do outro extremo, à terra.
Quando há descargas atmosféricas, o dispositivo regula a tensão fornecida e a absorve, escoando-a para o sistema de aterramento. Quando essa energia está além da sua capacidade, o aparelho é queimado, acionando o dispositivo térmico que desliga toda a rede elétrica, evitando danos aos equipamentos.
Para verificar se houve essa queima, todos os dispositivos de proteção possuem um indicador de estado. Se ele ficar vermelho, é porque o circuito está danificado, precisando ser trocado. Os dispositivos de proteção contra surtos elétricos são fundamentais para protegê-lo dos problemas de rede elétrica doméstica e corporativa.

Classes de DPS

Há muitas opções de dispositivos que atendem a vários equipamentos e a vários ambientes. Afinal, cada Dispositivo de Proteção contra Surto Elétrico possui uma finalidade.
A seguir, veja as classes que existem e quais as situações em que cada uma pode ser aplicada. São divididas entre:

• Classe I: instalações que levam descargas atmosféricas diretamente nas hastes de para-raios ou na rede elétrica. É um recurso muito utilizado em indústrias e em construções de elevadas alturas (edifícios, por exemplo);
• Classe II: usadas para proteger o local, em geral, do aumento excessivo da tensão (sobretensão). Esses dispositivos são aplicados em casas e em residências;
• Classe III: o nível de proteção dessa classe abrange equipamentos sensíveis a surtos. São instaladas em cada aparelho.

Utilizada na maioria das residências e em lugares onde não pode haver nenhum tipo de alteração na tensão. Por exemplo, em hospitais, onde há aparelhos que não suportam variações repentinas na potência elétrica.

+ Leia também: 10 cuidados com sua rede elétrica que podem ajudar a economizar energia

Tipos de DPS classe III

Os DPS de classe III protegem uma série de equipamentos individualmente. Os dispositivos fabricados garantem segurança tanto para aparelhos residenciais quanto industriais. Os mais usados são:

• proteção de rede elétrica: protege individualmente ou até 3 equipamentos ligados à rede elétrica. Podem atuar mesmo sem a presença de condutor específico de terra, várias vezes, sem precisar de trocar.
• proteção de rede telefônica: protege até 3 aparelhos conectados à rede telefônica, podendo atuar mesmo sem ter um condutor para a terra, algumas vezes sem a necessidade de trocar o indicador de estado.
• proteção para aparelhos industriais: pode-se proteger cada equipamento que está conectado à linha de instrumentação, de controle, de automação e/ ou de qualquer outro processo produtivo.
Agora ficou mais claro qual a importância de se ter dispositivos de proteção contra surtos elétricos na sua casa? Eles garantem estabilidade em casos de raios e evitam estragos no seus equipamentos elétricos. Invista nessa solução simples, funcional e de preço acessível!