14 jul/15
Impactos de apagões e descargas elétricas na sua rede doméstica

Em períodos chuvosos, as quedas de energia e apagões são comuns em qualquer região do país. Esses acontecimentos causam variações na energia elétrica, provocando danos aos aparelhos. Muitos desses estragos podem ser irreversíveis, gerando um grande prejuízo ao consumidor.

Muitos aparelhos eletrônicos, como TVs e notebooks, são altamente sensíveis às variações do fluxo de energia em uma rede doméstica. Esse rombo financeiro poderia ser evitado, se o cliente soubesse da importância de proteger sua rede elétrica de raios e blackouts.

Quer saber tudo sobre os impactos de apagões e descargas elétricas na sua rede? Continue lendo!

Prejuízos financeiros

Um dos impactos de apagões e descargas elétricas é sentido pelo bolso do consumidor. Com a interrupção brusca e contínua de energia, os aparelhos perdem seu desempenho ou funcionamento parcial. Com isso, torna-se recorrente consertos de aparelhos, tendo mais custos do que o esperado.

Queima total

Os aparelhos em um eventual apagão podem ser estragados por completo quando a eletricidade é reestabelecida. O motivo está na alta carga elétrica que chega até eles quando a rede volta a funcionar.

Essa elevação extrapola a potência dos eletrônicos, danificando completamente seus circuitos. Do mesmo modo, as descargas atmosféricas (os raios) também causam danos, pois mesmo protegidos pelos para-raios, parte deste surto pode entrar pela rede doméstica, queimando equipamentos sensíveis à variação de energia.

Com essa abrupta elevação, os aparelhos param de funcionar permanentemente. A partir desses acontecimentos, os prejuízos financeiros são aumentados, pois será necessário adquirir outro aparelho. Além disso, atividades fundamentais do dia a dia, que necessitam de energia, são prejudicadas.

Tarefas rotineiras

Muitas atividades dependem da eletricidade para serem executadas. Por exemplo, algo fundamental para muita gente é tomar banho com conforto, ou seja, com água morna ou quente. O chuveiro elétrico é o responsável por prover um bom banho.

Perdas de alimentos

Outro transtorno desagradável é a perda de alimentos perecíveis em geladeiras e em freezers. Com a falta de fornecimento contínuo de energia, toda a comida é perdida, pois depende das baixas temperaturas fornecidas pelos aparelhos para ser conservada durante um determinado período.

Danos a aparelhos hospitalares

Os surtos elétricos nas residências comprometem aparelhos de uso hospitalar. Respiradores artificiais e desfibriladores, por exemplo, são altamente sensíveis a qualquer mudança de passagem de elétrons. Qualquer variação pode estragar completamente esses aparelhos.

Com isso, vê-se a gravidade de uma descarga elétrica na rede doméstica. Uma possível queima pode agravar a saúde de pessoas que dependem de equipamentos hospitalares.

Perigo constante para as pessoas

Os apagões não causam apenas prejuízos financeiros. Eles causam insegurança para as pessoas que sempre dependem de energia elétrica, como crianças e idosos.

As atividades básicas são comprometidas, como usar o banheiro e caminhar livremente pela casa. Sem luz, por exemplo, aumenta-se o risco dos moradores de uma casa sofrerem graves acidentes.

Como evitar os prejuízos dos apagões e dos blackouts

Para evitar as descargas elétricas causadas por apagões e por surtos elétricos, é fundamental investir em equipamentos de proteção. Há dispositivos de proteção para toda a rede doméstica.

Eles são instalados na entrada do quadro geral de distribuição energética, regulam a tensão e descarregam o excesso para fios de aterramento. Os equipamentos também podem ser protegidos individualmente, instalando-os na tomada. Esse procedimento evita a queima de dispositivos elétricos sensíveis como os computadores, os tablets e os televisores.

Viu como podem ser graves os impactos de apagões e descargas elétricas na sua rede doméstica? Já teve experiências negativas com blackouts e surtos de tensão? Comente neste texto a sua opinião e saiba mais sobre a proteção de rede elétrica assinando a nossa newsletter!

4