Youtube Twitter Facebook
Descrio Loja
Vitrine Blog
    02 dez/13
    ELETRICIDADE, CONFORTO, PROTEÇÃO E SEGURANÇA

    Hoje é impossível pensarmos em viver isolados das facilidades proporcionadas pela tecnologia, que por sua vez dependem de uma fonte de alimentação, seja através de uma tomada ou de uma bateria.

    Consequentemente, a interrupção de qualquer serviço ou facilidade que utilizamos nos trazem muitos transtornos, seja pela queima do equipamento ou pela falta de energia.

    Quanto a falta de energia, é possível conciliar por curtos períodos de tempo através de baterias; por exemplo os notebooks que possuem bateria própria ou os chamados no breaks, e em instalações industriais ou de grande responsabilidade com o uso de grupos geradores.

    Mas e quanto à queima de equipamentos? Também há como nos prevenirmos, diminuindo drasticamente este tipo de ocorrência.

    Sempre associamos a queima de equipamentos ao período chuvoso, pois a ação dos raios tem forte influência através do fenômeno dos surtos elétricos, o que acaba causando a queima de equipamentos (TV, geladeira, micro-ondas, telefone sem fio, home theater, máquina de lavar roupa, computador, dentre outros).

    Ocorre, Porém que o surto elétrico não acontece única e exclusivamente pela ação de raios. Ocorre também quando há o ligamento e desligamento de grandes máquinas (elevadores, bate-estacas, grandes motores), apagões, e picos de energia, podendo acontecer a qualquer momento.

    Os surtos elétricos acontecem dezenas de vezes ao dia e podem queimar imediatamente os seus bens eletrônicos. São causados por queda de energia, “liga de desliga” de equipamentos e raios.

    Para uma efetiva proteção contra surtos elétricos sobre elevações de tensão, seja pensando em instalações de porte industrial, comercial ou residencial, existem os chamados DPS – Dispositivos Protetores contra Surtos elétricos.

    Sua aplicação pode abranger níveis de efetividade que vão desde a entrada de energia até o equipamento final, garantindo um elevado índice de proteção, que é a chamada proteção em cascata onde são aplicadas proteções na entrada de energia no quadro de luz e junto ao equipamento elétrico/eletrônico eletroeletrônico.

    Ainda que não ocorra a aplicação conjunta, qualquer utilização que seja feita ameniza bastante o risco de queima de equipamentos.

    Lojas de material elétrico e fabricantes conceituados possuem estes protetores, disponíveis para o consumidor.

    A norma brasileira NBR 5410 prevê que as instalações elétricas tenham DPS, portanto, se você vai construir ou reformar sua instalação de qualquer tipo que seja, lembre-se de solicitar ao projetista elétrico que contemple isto no projeto.

    Se não vai reformar ou construir, peça a um eletricista de confiança que conheça o DPS para verificar sua instalação elétrica e a melhor forma de instalá-los para proteger seus equipamentos.

    O DPS que é utilizado junto ao padrão de energia e nos QDLs quadro de distribuição eletrica possui o formato e dimensões de um disjuntor.

    O DPS que é utilizado junto ao equipamento, a chamada linha plugue e use pode ter diversos formatos conforme a aplicação. Por exemplo: uma tomada e proteção para a linha telefônica, ou uma tomada e proteção para um cabo coaxial, ou um múltiplo protetor que protege ao mesmo tempo várias tomadas, um cabo coaxial e um cabo telefônico.

    Com DPS instalado, você não precisa desligar seu equipamento da tomada quando estiver chovendo, isto é conforto com segurança.

    Lembre-se: a eletricidade pode nos proporcionar conforto com segurança, mas devemos investir um pouquinho para termos disponibilidade dos nossos equipamentos elétricos, além de preservarmos o investimento feito.

    Para mais informações acesse: www.clamper.com.br

    RGH CONSULTORIA E TREINAMENTO EM ENGENHARIA ELÉTRICA LTDA.
    Engº Ricardo G. Hallak – rghconsultoria@gmail.com
    www.rghconsultoria.com.br – Autorizada reprodução do artigo integral e citada a fonte.

    0
    01 dez/13
    Dia mundial de luta contra a Aids

    0