Youtube Twitter Facebook
Descrio Loja
Vitrine Blog
    29 ago/13
    Squito: a câmera arremessável que captura imagens em 360º

    As dimensões são as mesmas de uma bola de tênis, parece um pouco com um yng yang e lembra, vagamente, o conceito de uma Pokébola do desenho Pokémon, mas na verdade é a Squito, uma pequena esfera com três câmeras panorâmicas embutidas e uma série de sensores que processam as imagens capturadas.

    A ideia, desenvolvida pelo inventor e designer Steve Hollinger, tem o tamanho ideal para ser arremessada e foi criada para fotografar e filmar enquanto estiver no ar, transmitindo os seus dados diretamente para computadores, tablets ou smartphones.

    A criativa invenção funciona capturando múltiplas imagens durante uma trajetória aérea. Após isso, a Squito une as imagens em uma só, gerando uma fotografia panorâmica.

    No You Tube, Steve divulgou o mais novo protótipo funcional da Squito, mostrando como as imagens são processadas e algumas das possíveis finalidades para a sua invenção, como o simples ato de registrar momentos de lazer e até mesmo a possibilidade de auxiliar em resgates.

    Confira a Squito em ação!

    0
    28 ago/13
    Dúvidas? A Clamper responde!

    Para ajudar você a escolher seus produtos de acordo com a sua necessidade e manter seus eletroeletrônicos protegidos contra raios e surtos elétricos, não basta apenas desenvolver os melhores equipamentos e DPS. A Clamper se preocupa em esclarecer as suas dúvidas e possui uma sessão em seu site, com as perguntas mais frequentes dos usuários.

    A carga do circuito elétrico interfere no dimensionamento do CLAMPER VCL? É necessário rearmar o CLAMPER VCL quando ele atua? Existe a necessidade de construir um aterramento especial para instalar o CLAMPER VCL?

    Essas são apenas algumas das dúvidas frequentes que a Clamper responde para você. É só clicar aqui e verificar as respostas, para não deixar de contar com a melhor proteção contra raios e surtos elétricos.

    0
    27 ago/13
    Luz engarrafada: litros e litros de luz!

    Que o povo brasileiro é criativo, não é nenhuma novidade. Mas agora, Alfredo Moser, um mecânico de Uberaba, MG, está sendo considerado por muitos, uma espécie de Thomas Edison moderno, graças a sua ideia genial e que está ganhando o mundo: a luz engarrafada.

    Em 2002, Alfredo teve seu momento “eureka!” ao encontrar a solução para iluminar a própria casa em um dia de corte de energia, utilizando apenas garrafas plásticas pet com água e uma pequena quantidade de cloro. Graças a essa ideia, em pouco tempo, mais de 1 milhão deverão estar utilizando a “luz engarrafada”, mundo a fora.

    Para iluminar uma casa, é preciso abrir buracos nas telhas e encaixar as garrafas, de cima para baixo, utilizando cola de resina no entorno para evitar vazamentos. Ao adicionar uma pequena quantidade de cloro na garrafa, você impedirá que a água prolifere algas e fique verde. Depois de instalada, a refração da luz solar iluminará o ambiente, alcançando até 60 watts, segundo medições realizadas.

    Outra dica é encapar a tampa com fita preta, melhorando o funcionamento da lâmpada alternativa.

    Mas melhor que comentarmos a respeito e vermos como funciona, na prática, essa boa ideia 100% brasileira. Confira!

    0
    26 ago/13
    Cuidados com a eletricidade nos períodos de chuva

    O tempo é traiçoeiro e muitas vezes, imprevisível. Uma chuva pode tornar-se uma tempestade e com ela trazer inundações e destruições como vemos todos os anos nos noticiários. Por isso, manter as instalações elétricas funcionando bem ajuda a amenizar esse problema, evitando prejuízos e o risco de choques elétricos.

    Já mostramos que água e eletricidade não combinam, portanto, se perceber que as paredes da casa estão úmidas, evite o contato com elas e não ligue equipamentos elétricos em tomadas instaladas ali, pois podem ser fonte de choques e mau funcionamento de equipamentos.

    Quem não utiliza Clamper corre sempre outro risco: danificar seus eletroeletrônicos.  Se perceber variação da tensão (luz piscando, por exemplo) durante tempestades com muitos raios, retire-os da tomada e evite maiores prejuízos. Por isso, a dica é simples: não tire da tomada, use Clamper!

    Também já falamos sobre como se proteger dos raios dentro e fora de casa, mas para quem mora em regiões com risco de alagamento, vale a pena ficar atento a outros importantes cuidados para evitar acidentes elétricos. Confira:

    Cuidados em casa durante alagamentos:

    1 – Ao primeiro sinal de chuva forte, deixe móveis e eletrodomésticos fora do alcance da água;
    2 – Desligue equipamentos elétricos e eletrônicos, feche o registro do gás e da água;
    3 – Tenha sempre lanternas e pilhas em condições de uso. Não use velas, lamparinas a álcool ou similares;
    4 – Não use telefone convencional;
    5 – Não fique próximo a tomadas, canos, janelas e portas metálicas;
    6 – Não toque em equipamentos elétricos que estejam ligados à rede elétrica;
    7 – Desligue o disjuntor, caso a água atinja níveis que possam alcançar as tomadas elétricas;
    8 – Não deixe extensões ou cabos elétricos em contato com a água;
    9 – Não toque equipamentos elétricos ou faça manutenções com os pés molhados ou dentro da água.

    Como vimos, muitos cuidados importantes precisam ser tomados para evitar prejuízos e graves acidentes elétricos durante as chuvas. A Clamper recomenda a todos muita atenção e, em caso de dúvidas, busque orientação com os bombeiros. A melhor forma de evitar o perigo é prevenir-se.

    0
    22 ago/13
    Nikola Tesla: o gênio quase desconhecido

    Nascido em uma cidade do antigo Império Austríaco, região da atual Croácia, em 10 de julho de 1856, Nikola Tesla tornou-se um dos maiores cientistas da história humana, com expressivas contribuições nos campos da engenharia mecânica e eletrotécnica. Contudo, o excêntrico cientista jamais obteve o mesmo reconhecimento que seus contemporâneos, como Thomas Edson, por exemplo.

    Para ilustrar melhor a história deste gênio, o canal The History Channel preparou um excelente documentário sobre um dos maiores inventores de todos os tempos.

    Confira!

    0
    21 ago/13
    78% dos consumidores de energia elétrica aprovam o serviço

    É isso o que revelou a Pesquisa de Satisfação do Consumidor Residencial divulgada esse mês, pela Associação Brasileira dos Distribuidores de Energia Elétrica (Abradee), que ouviu 25.375 pessoas em 911 municípios de 26 estados, atendidos por 46 distribuidoras que representam 98% dos consumidores do Brasil.

    Segundo Nelson Fonseca Leite, presidente da Abradee, desde 2005 o serviço de distribuição de energia elétrica tem mais de 76% de aprovação entre os consumidores. O levantamento é feito desde 1999, anualmente, com 70 perguntas utilizadas para calcular o Índice de Satisfação com a Qualidade Percebida (ISQP).

    Em 2012 o índice de satisfação do consumidor era de 78,2% e passou para 78,7% esse ano. Já o nível de confiança no serviço chegou a 95,5%. O estudo, segundo a Abradee, serve para as empresas do setor direcionarem suas políticas de qualidade e procurarem sanar as falhas em sua gestão.

    Por regiões, a pesquisa revela que a região Sul teve aumento de 2,2 pontos percentuais no ano, alcançando 87,6% de satisfação. A região Nordeste registrou 78,8% de aprovação, considerado o melhor resultado em 15 anos, e o Centro-Oeste foi de 66% para 67,7%, enquanto na região Sudeste houve ligeira redução de 79,9% em 2012, para 78,8% em 2013, dentro da margem de erro da pesquisa.

    0